quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Testei: Novas lentes Acuve Define

Quem acompanha o blog há algum tempo sabe que eu sou adepta a lentes de contato.

Já usei lentes coloridas (e é um dos posts mais visitados do blog, confira aqui) e estava usando lente incolor há mais de 1 ano.

Eis que a Johnson & Johnson resolveu misturar um pouco da incolor com um pouquinho da colorida e o resultado é uma lente muito, mas muuuito legal! Deixa eu contar como é:

Essa é a Acuve Define. Ela é uma lente incolor, mas que possui pequenos detalhes nas bordas. A lente possui todas as vantagens das lentes Acuve tradicionais, incluindo a proteção UV.


 A caixa vem com 30 lentes diárias, ou seja, você usa por 1 dia e depois faz o descarte. Como tenho miopia, escolhi as lentes de acordo com meu grau. 


Eu amei o resultado! É uma lente que deixa seu olhar mais amplo, mais "acordado", e principalmente mais definido. Notem como no lado direito, sem lente de contato, o olho parece um pouco "embaçado" e isso é natural. A Acuve Define deixa o olho mais bonito, mas de uma forma muito natural. Nos meus olhos que são castanhos, achei o efeito maravilhoso! 

Muitas amigas minhas notaram que tinha algo diferente no meu olhar, mas não souberam dizer exatamente o que era. Ponto positivo! 


Estou amando as lentes e pretendo comprar outras assim que elas acabarem! 


Sobre as lentes: assim como as outras lentes acuve, elas são SUPER confortáveis, fáceis de manusear, colocar e tirar. Elas não ressecam o olho, são bem "mzlhadinhas" e agradáveis de ficar o dia inteiro! Já usei várias marcas de lente e as melhores, na minha opinião, são as da Jhonson & Jhonson! 
As minhas foram presente da Minha Ótica Online, que enviou a novidade para que eu testasse!  


quinta-feira, 8 de outubro de 2015

a mágica do cabide

Eu substitui meu guarda-roupas tradicional por uma arara de roupas há algum tempo.
Foi uma decisão maravilhosa que me ajudou muito no processo de consumo consciente e várias outras coisinhas que falarei em breve.

O fato é que com as roupas expostas, eu acabava ficando meio inquieta com a organização. Os cabides desiguais estavam me incomodando muito!

Eu nunca me preocupei com cabides, sempre ia comprando aqueles kits com 5 conforme ia sentindo necessidade. Resultado? Um monte de cabides diferentes, madeira, plástico, arame, grossos, finos, um caos completo!

E não é apenas uma questão estética. Se os cabides possuem alturas diferentes, por exemplo, quando você precisa tirar um deles, é muito fácil de um enganchar no outro e causar a maior zona. Isso acontecia com muita frequência e me deixava LOUCA!

Então resolvi renovar todos os cabides!

A princípio pensei nos modelos em madeira, porque acho lindo, mas pensando melhor vi que não seria o ideal para o tipo de roupa que eu uso.

Depois de um tempo de pesquisa, me decidi pelo cabide de veludo, aquele extra-fino sabe? Ele é perfeito porque ocupa pouco espaço (pouco mesmo!) e porque a roupa não cai! Sério, eu tenho muitas blusinhas de tecido fininho e com gola larga, e essas peças em cabide de madeira/plástico são um horror. Com o cabide de veludo a roupa fica lá, perfeitinha sempre.

Olha só a diferença que fez na minha arara:


Quando via esses cabides em algumas lojas achava bem caro, porque sempre era algo tipo: 5 cabides por 30 reais. Convenhamos que para trocar todos os cabides sairia bem salgado né?

Daí descobri que no Sam's Club é vendida a caixa com 50 cabides de veludo! Bingo! Corri pro Sam's Club aqui de Natal e comprei 2 caixas. Paguei cerca de 70 reais por cada caixa e acho que valeu cada centavo! 

Agora estou terminando de montar meu armário-cápsula e a arara está cada vez melhor! Em breve conto tudinho aqui no blog!

Beijinhos!
terça-feira, 19 de maio de 2015

Como reformar uma cama de madeira

Desde que postei a foto da minha cama amarela <3 no instagram (segue lá @frescurittes), várias pessoas perguntaram como eu tinha transformado essa belezinha.

Antes de tudo preciso dizer que eu nunca tinha feito algo parecido na vida! Nunca reformei móvel, nunca pintei nada além de telas e aquarela... e se eu consegui, você também consegue! 


Então resolvi escrever por aqui e aproveitar o momento para ressuscitar o blog (shame on me!).

Tudo começou quando minha casa entrou em reforma e eu "me mudei" pra outro quarto. Antes dividia o quarto com minha irmã mais nova e nossos móveis eram impossíveis de serem separados. Ou seja: tive que comprar tudo novo, ou quase. 
Eu estava decidida a gastar a maior parte do dinheiro em alguns móveis que sempre desejei da Meu Móvel de Madeira (assunto pra um próximo post) e queria economizar na cama e arara - já que não uso guarda-roupas há uns 6 anos.

Quando fui fazer pesquisa de preço, descobri que não queria gastar mais de mil realidades numa cama box sem graça.

Por pura sorte, uma amiga de uma prima estava vendendo uma cama de madeira maciça nunca usada, e precisava vender rápido porque estava deixando o país. Resultado? Consegui uma cama ótima e um colchão lacrado por R$300!

O problema? A cama era brega que doía, olha só:

A cama era de madeira com um detalhe espelhado na cabeceira... design legalzinho, mas essa cor não me agradava em nada! 

O preço estava muito bom, e decidi levar assim mesmo. Meus anos de pesquisa no pinterest me ajudaram a crer que eu poderia reformar qualquer móvel, hahahaha.

Vamos descobrir como eu fiz? 

Passei no Armazém Pará de ponta negra (uma loja enooooorme de material pra construção e decoração aqui de Natal) e comprei os materiais necessários. 


Materiais:

Esmalte base água para madeiras e metais Coralit - Coral Cor: Amarelo 500
Fundo preparador Coralit - Coral
Lixas - comprei 4 folhas de lixa grossa e 4 folhas de lixa fina para acabamento
Rolinho para pintura - comprei 3 rolinhos pra ter ajudantes, hahaha
Pincel 2" - usado para detalhes e áreas difíceis
Fita crepe - para isolar algumas áreas da cama
Tudo isso deu pouco menos de R$100 e sobrou bastaaaante tinta e primer,  que já estou pensando onde usar por aqui hehehe.


Resolvi fazer um teste numa perna da cama que não ia aparecer muito só pra decidir quantas demãos de cada produto iria usar e comparar resultados.

Explicando as fotos:
A primeira foto é só com primer, e a segunda, primer + tinta. A lógica é a seguinte.

1: lixado e com uma camada de primer + 1 camada de tinta
2: lixado e com 2 camadas de primer + 2 camadas de tinta
3: não lixado e com 2 camadas de primer +2 camadas de tinta
4: não lixado e com 1 camadas de primer + 1 camada de tinta

Resolvi ficar com o modo mais trabalhoso e com o melhor acabamento: lixa + 2 camadas de primer + 2 camadas de tinta.

Feito o teste, é aí que o trabalho começou:

Antes de tudo, desmonte seu móvel. Pintar as peças desmontadas vai garantir um acabamento muito mais bonito e profissional.


Comecei isolando todo o espelho com fita crepe e revistinhas. Fita crepe na borda e "entrando" por baixo da madeira, pra não ter risco nenhum de manchar, e pedaços de papel no meio para preencher.


Depois, lixei beeeeem todas as peças de madeira. Lixei cada peça duas vezes, até tirar completamente o brilho delas. 
Nessa foto você pode ver que o espelho não está mais aí. Meu pai viu meu esforço, pegou umas ferramentas e tirou o espelho da cabeceira da cama, coisa que eu achava ser impossível, hahahaha. 
Foi ótimo porque pude pintar e lixar com bem mais facilidade! 


Na hora de usar o primer e a tinta simples. Basta "carregar" o rolinho com o produto e deslizar levemente sobre a superfície. Não precisa encharcar de produto, nem passar o rolinho com força, porque isso só vai deixar seu móvel com acabamento feio e grosseiro! As camadas tem que ser finas para que o acabamento fique perfeito. 

Entre uma camada e outra espere cerca de meia hora (ou o tempo indicado pelo fabricante), pro produto secar ao toque. Se você tentar dar a segunda demão muito cedo, o rolinho vai tirar a camada anterior e estragar seu trabalho, e você não quer isso. 




É super importante forrar tudo com jornal, pra não fazer bagunça e sujeira! Eu fiz esse "cantinho" da foto na garagem aqui de casa ( que é fechada) pra poder apoiar a cama e pintar tudo direitinho. Foi ótimo porque não tive medo de alguma poeira acabar grudando na minha cama. 

Depois de esperar o tempo de secagem total (indicado na embalagem), foi só montar a cama de novo (Papai atacou novamente, hahahaha) e colocar no quarto!


Prontinho! Uma cama novinha por 400 realidades! 

O acabamento ficou ótimo de verdade, nem acreditei quando as pessoas começaram a elogiar. Essa tinta da Coral não precisa de verniz, ou seja: menos trabalho pra você. Ela tem o acabamento brilhante super bonito. Não é aquele brilho brega sabe? 

Ps.: esses dois travesseiros diferentes ficam feios na cama mas eu uso os dois na hora de dormir. Um pra abraçar e um pra apoiar a cabeça. Gosto de cada um com material diferente, cada um pra sua função hahahaha. 

E ai como me saí na primeira reforma?

QUEM FAZ

QUEM FAZ
Olá! Meu nome é Alessandra, tenho 23 anos, formada em Jornalismo pela UFRN, adoro maquiagem, streetstyle e sou viciada em seriados. Criei o Frescurittes para compartilhar minhas experiências por aí.

SOCIAL

CATEGORIAS

PESQUISA

INSCREVA-SE

SEGUIDORES